Digitalização de Documentos

Fundamentado nas Leis Federais 12.527/11 e 12.682/12, bem como na Resolução nº 31/2010, instituída pelo Conselho Nacional de Arquivos – CONARQ, o Serviço de Digitalização consiste no processo de conversão dos documentos arquivísticos do suporte papel para o formato digital, que incide em unidades de dados binários, com os quais os computadores criam, recebem, processam, transmitem e armazenam dados.

Este serviço, portanto é de suma importância para o acesso à informação, difusão e preservação do acervo documental. Contribui também para o amplo acesso e disseminação dos documentos arquivísticos por meio das TIC (Tecnologias da Informação e Comunicação), permite o intercâmbio de acervos documentais e de seus instrumentos de pesquisa, por meio de redes informatizadas, promove a difusão e reprodução dos acervos arquivísticos não digitais, em formatos e apresentações diferenciados do formato original e incrementa a preservação e segurança dos documentos arquivísticos originais que estão em outros suportes.

O serviço permite que os documentos digitalizados sejam armazenados eletronicamente através do uso de ferramentas tecnológicas, de modo seguro e que facilite a busca de forma ágil.

VOLTAR